28 de ago de 2009

Michael Jackson: investigação encontra maconha na casa e confirma assassinato


Agora é oficial. O relatório oficial afirma que a morte do astro Michael Jackson foi homicídio. Segundo o documento, a overdose que levou o cantor à morte foi causada por remédios ministrados por outra pessoa, como o Propofol, usado em anestesias. O médico Conrad Murray pode ser indiciado pelo crime. Além disso, hoje foram encontrados dois sacos de maconha na casa do cantor, como diz o relatório.

Veja Mais: Morte de Michael Jackson foi homicídio, aponta relatório oficial
Maconha é encontrada na casa de Michael Jackson

Um comentário:

  1. Quanto mais investigarmos, mais coisas cabeludas vamos descobrir sobre o rei do pop. Michael tinha problemas e com certeza utiliza as drogas para fugir deles. Abraços.

    ResponderExcluir